Sobe e desce dos dias

Por Vitória Cabral

47b2efdfa18eae686df7d6c490192a19

A gente vai vendo que uma semana já não se arrasta como antes, que acordamos num dia e no outro a semana recomeça e vamos deixando espaços vazios, tento pendências na vida e de um jeito ou de outro paramos de priorizar o que nos faz sorrir, mas sorrir de verdade, de dentro da alma até os olhos. Precisamos de risos soltos na vida.

Vamos notando que o café diário perde o gosto da novidade, que sair só para fazer zero coisas é uma missão quase impossível, pois é quase um tempo perdido, coisa que não podemos nos dar ao luxo. Não dos damos estes brindes, pois julgamos que precisamos ganhar e ter para poder ser. Esquecemos que o ser é algo simples e que não precisamos estar aqui ou alí para ser ou não ser.

Simplesmente seja, simplesmente sorria, simplesmente aconteça 

Ilustra nesta loja aqui

Deixe uma Resposta