DIY: Hanger em macramê para suas plantas

Por Medo da Pressa

diy-hanger-nossoape-medodapressaO macramê, técnica de tecelagem manual, vem reconquistando seu espaço no mundo da decoração, com uma pegada mais moderna. Basicamente o macramê consiste em fazer amarrações com cordas ou fios, produzindo desde simples nós até formas altamente trabalhadas, com um efeito decorativo incrível. Hoje vou te mostrar uma versão simples e linda do macramê que, além de decorativo, é também útil – um hanger para seu vasinho de planta ficar todo charmoso.

MATERIAIS

Você só vai precisar de: corda · tesoura · seu vasinho com planta

diy-hanger-nossoape-medodapressa1

1. Corte três pedaços de corda de 2 m cada e um pedaço de corda de 1 m;

2. Junte as três partes de 2 m e dobre ao meio. Dobre uma ponta do pedaço de 1 m na direção oposta;

 

diy-hanger-nossoape-medodapressa2

3. Envolva a todo o pedaço de 1 m em direção à alça formada na ponta;

4. Quando estiver próximo à alça, passe a pontinha que sobrou por dentro da mesma;

diy-hanger-nossoape-medodapressa3

5. Vá puxando as pontinhas soltas até que a alça “suma” ;

6. Para finalizar essa parte, corte as pontinhas que sobraram;

diy-hanger-nossoape-medodapressa4

7. Separe os pedaços de corda de dois em dois;

8. Meça uma distância de cerca de 25 cm a partir do detalhe superior e dê um nó em cada uma das duplas que você havia separado;

diy-hanger-nossoape-medodapressa5

9 / 10. A partir dos nós que você acabou de fazer, meça uma distância de cerca de 20 cm e, novamente, dê nós, mas dessa vez formando novas duplas, como nas fotos;

diy-hanger-nossoape-medodapressa6

11. Meça uma distância de cerca de 15 cm a partir dos últimos nós que foram feitos, junte todas as cordas e dê um último grande nó;

12. Se preferir, corte as pontinhas para acertar.

Está pronto o seu hanger. É só encaixar o seu vasinho e pendurá-lo.

diy-hanger-nossoape-medodapressaa diy-hanger-nossoape-medodapressaaaa

bio iná

1 Comentario on DIY: Hanger em macramê para suas plantas

  1. Ana Luiza
    junho 9, 2016 at 3:14 pm (2 anos ago)

    Realmente é muito bom saber disso!  Parabéns pelo artigo fantástico

    Responder

Deixe uma Resposta