Arquivo de ‘TAKING STOCK’ category

1 Filme, 1 Palavra, 1 Música

Por Vitória Cabral

1. Se você ainda não viu A Hospedeira precisamos conversar, pois este filme é outros daqueles que precisamos ver e sentir quais coisas realmente importam na vida. É daqueles que nos faz parar para refletir sobre várias e várias questões. Eu realmente me senti diferente depois desse filme, pois ele me deixou voltar a ver questões básicas. Sim, as minhas indicações são bem apocaliptística hahahah mas vamos vendo que muitas vezes precisamos nos deparar com algo totalmente inusitado para refletir sobre o primordial.

filme3

palavra

2. São tantas as palavras que eu gostaria que colocar aqui para ornar neste post, mas Esperança é uma que realmente combina aqui.

musica

3. Para embalar nosso post os som de hoje é esse aqui:

1 Série, 1 Palavra, 1 Música

Por Vitória Cabral

Sejamos francos, quem vai passar o carnaval em casa quer indicação de série no Netflix. Né non? hahhaha

1. E eu fiquei extremamente viciada em The 100, só queria ver e ver, chorar ~sim eu chorei vendo~e ficar lá olhando as coisas acontecendo. Juro que tentei ver com mais calma, mas não aguentei, a primeira temporada dessa série é muito booa <3 estou completamente desolada por não terem as outras no Netflix :( mas vamos lá. Eu não vou resumir o enredo da série, como vocês perceberam nos posts anteriores, mas vou falar que se você gosta de distopias, de ação, romances problemáticos e escolhas difíceis esta série vai fazer você se emociona, rir e chorar. Sim, monamu, vai chorar ou lacrimejar e depois você não vai querer mais ter vida hahaha só digo isso.

 filme 4

palavra

2. Diante desta série eu teria milhares de palavras para ornar com o post, mas para eleger apenas uma – não dita antes – selecionei Alteridade, pois falta isso nos seres humanos, vemos isso em larga escala não só na ficção como, infelizmente, nos nossos cotidianos, porém podemos ver várias pessoas que ainda conseguem refletir no outro como alguém relevante e ver o todo assim também.

musica

3. Eu deveria deixar essa música para o post de amanhã? Deveria, mas o feeling que rola ao começa a ver The 100 pede não só essa música como também ela aparece ao fundo como uma das músicas tocadas nos primeiros EPs:

1 Filme, 1 Palavra, 1 Música

Por Vitória Cabral

Vamos para nosso segundo post da série 1 Filme, 1 Palavra, 1 Música e vamos continuar nessa pegada pós apocaliptística/distópica:

1. Maze Runner – Correr ou Morrer  é daqueles filmes que eu achava que eram muito adolescentes para mim, mas sejamos francos, eu ainda vejo desenho animado, então não posso ficar de mimimi quanto aos filmes serem ou não para uma determinada faixa etária, o que vale mesmo é se o filme é bom mesmo ou não. Sim, ele mostra coragem, superação e tem essa pegada de ver o que está acontecendo com olhar antropológico. Ver o que acontece e quais os motivos de suas reações, ver que a força das pessoas e o que juntas podem fazer.

filme6

palavra

2. A palavra que mais orna nesse conjunto deste post é Lutar. Precisamos enfrentar nossos medos, bobos ou não, todos os dias, seja em um campo de sobrevivência os nos ônibus, nas ruas, nas salas de aula, nos locais de trabalho, nos conflitos internos. As batalhas que enfrentamos sem público.

musica

3. Para embalar nossa seleção hoje a música mais do que apropriada só poderia ser essa aqui:

1 Filme, 1 Palavra, 1 Música

Por Vitória Cabral

Há quem não curta carnaval de rua e o melhor badalo para pessoas – assim como eu – é muito Netflix e coisa e tal ahahah.

Como meus planos de viagem deram para trás eu já fui fazendo o esquenta e vendo muita coisa boa e resolvi criar essa série de posts carnavalescos para que você não fique morgado em casa, né non?

1. Uma pedida maravida é o filme O Doador De Memórias ♡ ele é simplesmente lindo, emocionante e faz um resgate em questões reflexivas da humanidade, mas não, ele não é do cenário cult, passaria no Telecine Pipoca mesmo hahaha e ele tá no Netflix. Sobre o elenco: a Meryl Streep tá lá, bem divosa, mas não tanto no estilo de O Diabo Veste Prada - Miranda Priestly , rainha. Também apareceu uma mocinha que é a cara da Bruna Marquezine. No geral a fotografia do filme é linda e mescla muitos cortes com cenas lindas em um olhar antropológico da humanidade. É um filme que dá vontade de viver e vontade de lutar por um mundo melhor.

filme5

Obs.: eu achei esse lance da maçã uma parada massa – só isso msm hahaha

palavra

2. Diante desse filme eu só posso dar uma palavra para vocês hoje: Amor. O amor é o que nos move, une, fortalece, as más escolhas em nome dele não. O amor, nesse contexto, vai além do âmbito carnal. Amor ao próximo, amor em tudo que há.

musica

3. Uma música para você agora só poderia ser essa aqui, aperte o play e divirta-se:

TAKING STOCK ♡ #2

Por Vitória Cabral

Outro dia para compartilhar meu olhar do mundo com e se você ainda não viu meu primeiro taking stock é só clicar aqui e simbora para o segundo 

Ouvindo: Cambra, muita coisa massa que tenho escutado esses dias, mas recentemente ouvi a Take One e ameei, uma das minhas preferidas está sendo “Vale das Lágrimas”, olha essa letra.

Vestindo: Eu tô numa disposição que só quero ficar assim, de pés descalços e roupa confortável. Foto por Jan Ribeiro para esse post aqui.

Lança-Perfume-163-678x1024

Lendo: Ainda estou com Bauman? Sim, pois é aquilo que já falei sobre ler pausadamente então a leitura do post anterior continua a mesma hahaha

Agradecendo: A vida que levo, o mar no quintal e as amizades que tenho, mas na boa, olha o que temos por aqui:

12400919_1035843446474406_4718137204595519339_n

Pinning: Loucamente apaixonada por flores e labirintos de jardins 

jardins

Estudando: Interação textual em redes sociais hahaha passo muito tempo olhando os comentários de um grupo no Facebook que se chama Bipolares do Site, mas juro que é para fins acadêmicos quando eu lembro #Paz

Vendo: Eu fiquei muito viciada numa exposição do Zé Barros lá na Galeria Janete Costa no Parque Dona Lindu. Fui umas 5x e soube ontem que a exposição já encerrou e eu não estou sabendo lidar com essa situação :(

sentiremos saudades

Necessitando: Comer um McLanche feliz hoje de noite.

Planejando: Ser menos ousada no slackline, pois eu levei o maior tombo e botei a cara no chão hahaha

Desejando: Abraçar meus amigos queridos e conversar besteiras com eles, quem não estiver na foto não faça drama, obrigada.

7181_535297526529003_877396824_n

Amando: As minhas férias e eu estou tentando não pensar que um dia elas irão acabar.

TAKING STOCK ♡

Por Vitória Cabral

Esses dias vi um taking stock feito pela Marieli Mallmann do blog Compra-se Um Fusca. Achei o balanço geral dela bem criativo e fofo, como também me identifiquei com o blog aproveitei para trazer para cá e fazer dele uma ponte para estreitar nossos laços, quero dividir com vocês um outro ângulo do meu olhar sobre o mundo a partir das categorias que vou listar aqui:

Ouvindo: Voltei numa vibe de ouvir Vanguart e Iron and Wine. Minha alma anda folk e existencialista. Amo isso, inclusive estou ouvindo o o álbum do Iron and Wine que segue o link que botei aqui.

815a3fe53e255a8060783ab264bd18d3

Ilustra: Caixa Amarela

Lendo: Vocês viram a minha meta de leitura? Então, voltei em Amor Líquido, mas Baumman é um problema na minha vida de leitora, não consigo ler e seguir minha vida normalmente, eu paro muito para pensar no que ele diz, concordo e discordo,  quando vejo já estou pensando em alguma teoria louca que eu acabei de criar e me perco na leitura do livro kkkkkkk #complicado

Mas será que eu posso estar seguro? Eu estaria, caso não houvesse dúvidas agitando-se naquela escura masmorra do inesperado onde tranquei na vã esperança de nunca mais ouvir falar nelas. Aflições, apreensões, receios de que a virtude possa ser imperfeita, a glória fantasiosa… de que a distância entre eu tal como sou e o verdadeiro eu que anseia por vir à tona, mas ainda não conseguiu, precisa ser negociada – e isso é uma exigência exorbitante.” Amor Líquido, Baumman.

Agradecendo: Pelo dom da vida, por minha tpm ter passado e por ter pessoas na minha vida que me lembram o quanto sou querida 

Pinning: Tatuagens. Quero fazer alguma? Não. Motivo de viver pinnando? Aparecem muitas tatuagens lindas e não sei dizer não, vou lá e salvo kkkkkkk

collage

Estudando: Eu tenho estudado alguns assuntos pendentes da faculdade, daí a relação da construção enunciativa foi minha ultima parada, inclusive a maioria das guias abertas aqui nessa janela são sobre esse assunto.

Pensando: Que nada melhor do que uma noite bem dormida e uma caminhada para colocar os pensamentos no lugar.

Assistindo: Descobri o canal Livrada! e o Garagem de Unicórnio e tô só amor pelos dois nesta semana.

Necessitando: Passar um tempo aqui com os livros da minha lista de leitura, os álbuns citados no começo do post e minhas comidas favoritas:

12193803_540298742783795_4105083279633441452_n

Planejando: Não fazer muitos planos e ver o que a vida me reserva, mesmo que eu já tenha programado alguns compromissos até o dia 28 deste mês, mas vamos sonhar, né kkkkkkk

Desejando: Que os meus dias sejam doces.

Amando: A vida que levo leve.

10550908_539511832862486_5396895065185532078_n

Comendo: A carne de panela da minha mãe ~ já, já, na verdade.

Sentido: Que vou me atrasar para a troca de livros que estou organizando com uma amiga. Quem quiser é só chegar.

Desfrutando: Do cheiro do almoço e a prévia sensação de felicidade de comer a comida da minha mãe.

Vestindo: Agora, agora? Roupa de dormir, mas no contexto geral estou apaixonada por saias e roupas leves, e incluindo mais flores nos meus looks:

12239655_1001846749874076_5205539542731741070_n

fotografia por @edenalsant

1 2