Amor em cada canto

Por Vitória Cabral

Que amamos decoração isso, quem nos acompanha, já sabe bem, mas a boa nova de hoje é um vídeo que acabei de ver sobre o kitnet da youtuber Nátaly Nery, do canal Afros e Afins. Achei o conceito bema cara do MDP, não apenas pela estética, mas por todo conceito da casa, que não deixa de ser uma quebra do caos urbano.

Segue o vídeo cheio de cantinhos de amor:

Organizando Metas

Por Vitória Cabral

metasFoto via Pintrest

Objetificar sonhos, no sentido de tornar real, muitas vezes nos parece distante, mas o colocar como meta e tentar gerenciar uma ideia como uma atividade, incluir tarefas para realizar a meta dentro da rotina, acaba viabilizando e trazendo aquilo que estava só no papel para o mundo concretizado.

Me disperso fácil e sempre preciso de um help na hora de fazer as coisas acontecerem, por muita, mas muita sorte mesmo, algumas oportunidades a vida me deu de presente, outras eu precisei criar e tantas outras coisas deixei de realizar por não botar muita fé no que eu realmente poderia fazer, mas isso é papo para outro dia. Pois bem, quantas vezes eu vou adiando um sonho, não o torno meta e apenas fico viajando nesse meu incrível mundo de lua em peixes hahahah.

Acho lindo ter sonhos, precisamos sim sonhar, mas precisamos acordar e realizar, pois a vida se faz tanto no agora como no aqui, meu bem.

Não é fórmula exata, é solução problematizante, mas fique tranquilo se quiser adicionar outras questões, pois se quiser pode. Mas vamos lá! Diante de um dado sonho precisamos acordar para o tornar real e uma coisa que eu acabei martelando com a vida foi me questionar como tiraria um sonho do mundo das ideias para a vida real, então se questionar é parte do caminho. Mas como sabemos o que nos perguntar? Precisamos ampliar nossas experiências frente ao que nós almejamos.

Se eu sonho em fazer uma grande viagem e não tenho dinheiro o suficiente o que eu preciso? Essa é uma pergunta chave para iniciar o gerenciamento de tarefas da sua meta. Então, a partir disso você irá perceber quais ações que você deve tomar como tarefa para alcançar a meta.

Podemos ainda listar algumas perguntas para que os passos dados possam ser mais claros. Então se pergunte:

1. O que eu quero? (descreva sua meta em detalhes, assim como as outras respostas)

2. O que devo fazer para tornar essa meta algo real?

3. Como posso Fazer?

4. Liste as tarefas de realizações da meta (eleja prazos possíveis).

5. Especifique como você pode gerenciar melhor as tarefas (detalhe como deve entrar em ação).

6. Faça esquemas/organogramas.

7. Estude sobre seu projeto.

7. Fale com as pessoas sobre ele (vale falar com desconhecidos, pois o intuito é ampliar seu horizonte de conhecimentos e enriquecer sua proposta e rede de contatos);

Como já dito isso não é uma receita, mas se quiser adicionar ouros ingredientes pode. Caso esse post tenha te ajudado compartilhe com mais pessoas, daí você já puxa um papo e coloca seus sonhos para fora, os acorde e redefina seu horizonte de expectativas em relação ao que parece inatingível.

Obs.: comente qual sua impressão sobre esse texto, sendo válido sugestões e qualquer tipo de critica construtiva <3

 

Femingoss

Por Vitória Cabral

27018478_1700310563361021_122054794_o

Eu sou muito apx por papelarias, coisa e tals e bem por acaso encontrei o canal da Fernanda Longini fazendo compras em uma papelaria na Liberdade (rolê que quero fazer por SP). A identidade visual do canal é lindo, fora que as coisas que ela mostra me deu vontade de ver mais e mais e foi justo o que eu fiz e já estou louca para ir numa papelaria.

O canal tem uma variedade de vídeos sobre ilustrações e abarcando alguns outros interesses da Fernanda, tornando o conteúdo proposto cheio de afeto e carinho. É encantador até mesmo para os não ilustradores, você já pode preparar a pipoca e maratonar que é sucesso <3

Femingos

º Youtube º Pinterest º Instagram º

Sonhos e metas

Por Medo da Pressa

sonhos

No mar de possibilidades que nossas vidas podem ser destinadas, algumas vezes nos perdemos em meio aos nossos maiores objetivos. Mas uma coisa que não podemos deixar de priorizar é a educação, pois com ela um mundo de oportunidades vai sendo destravado em nossos caminhos, não digo apenas na vida profissional, pois a extensão de contribuição para várias áreas da nossa vida é enorme.

foto2

Nem sempre é fácil ingressar na carreira acadêmica. Algumas dificuldades, como a financeira ou falta de tempo, podem desestabilizar nossas prioridades e o que era meta vai ficando cada vez mais distante.

Fazer um curso de estudo a distância (EAD) é uma forma de economizar tempo e dinheiro, você não perde tempo no deslocamento até à instituição de ensino e evita custos extras: estacionamento, gasolina ou a passagem diária do ônibus. Por não precisar ir até à faculdade, também fica livre da necessidade de comer fora. Na ponta do lápis e no acumular dos anos, esses pequenos gastos podem fazer uma diferença significativa no orçamento.

A UNINASSAU oferece diversos cursos de graduação, pós-graduação e técnico à distância, tudo pensado para que você não perca uma das etapas mais importantes da vida.

Todos os cursos EAD da UNINASSAU são reconhecidos pelo MEC, portanto não há diferença nos diplomas emitidos pelos cursos presenciais ou a distância. Ambos têm a mesma validade para comprovação de título. Além disso, no diploma não consta a informação sobre qual foi a modalidade em que o curso foi concluído, por isto não é necessário ter receio quanto a aprovação do mercado pelo título.

A instituição também conta com um Núcleo de Empregabilidade e Carreira, que auxilia o aluno a escolher a melhor formação para uma carreira vencedora, com parcerias e intercâmbios internacionais em vários países, tudo para que o estudante tenha uma formação de alto nível e experiências enriquecedoras.

Para facilitar sua vida os vestibulares são agendados, mas as vagas são limitadas, então corra o quanto antes. Estes e outros detalhes você pode encontrar no regulamento no site da instituição clicando aqui, ou ligando para 4020-9734 (custo de uma ligação local).

Escolher uma formação que te incentiva é optar pelo caminho vencedor.

foto3

[fotos: pinterest]

 

* Este é um publieditorial

 
Você também pode gostar

Cama de pallet

Por Izabela Melo

Não sei vocês, mas eu tenho curtido cada vez mais a vibe boho, minimalista na decoração em geral. E o que tem me chamado muito a atenção são as caminhas baixas de pallet. Não sei se me adaptaria ou se sofreria com uma camitxa tão baixa hahaha, mas que acho lindo, isso eu acho!

Segura aí essas referências. Qualquer coisa a gente copia a decor e coloca uma cama normal, né não? Ou coloca pallet sobre pallet pra ficar mais alto. hahaha

pallet

fotos: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7.

Não te demores em amar

Por Vitória Cabral

6d0aed2b068f7fa97a7d2a0ca0a95b7c

Ninguém, ninguém mesmo, tem a obrigação de ser recíproco, nem com você e nem você. Mas todos nós temos o dever próprio de saber onde nos cabe amar, ficar, zelar ou deixar partir. Protelar uma partida é deixar de se (re)significar, não abrir espaço para novos amores, amigos – que também são os amores de nossas vidas e, como em qualquer relação, pode não funcionar tão bem com o passar do tempo. E na pressa incansável das rotinas que escolhemos, é possível se valer em desculpas para deixar seguir algo que já não nos cabe mais.

Na liquidez das relações, onde cada ato precisa valer algo, objetificamos sentimentos, damos prazos e metas para tudo, seja razão ou emoção. E a ansiedade que nos cerca pede peso e medida para validar sentimentos e analisar os gestos. Pois somos uma geração que leva mais quem aposta menos, quem se importa meno e quem significa quantificando.

Não devemos nos valer que o tempo nos permite amar, do lado de lá há um outro cheio de pressas como nós, do lado de cá cabe priorizar o que é devido. O segredo é não se deixar enlouquecer com a freneticidade da vida e o fazemos quando abrimos espaço para o amor, o zelo e priorizamos aquele outro que não queremos deixar fluir pela pressa.

O que precisa fluir é a vida, é o tempo e o amor. Por isto não te demores em amar, já que o tempo passará, independente do que façamos. Não demores em ver o que há de bom e cultivar bons sentimentos. Não te demores em protelar términos, abraços, sorrisos e agoras.

Moda Praia

Por Vitória Cabral

0a

No litoral pernambucano é sempre quente e quase sempre verão, por isso a moda praiana faz tanto sucesso na hora de por os pés na água, ou só para pegar aquele bronze. Algumas marcas, como a Capitu e Verde Limão estão em alta nas escolhas das pernambucanas. Pinamos bastante biquínis e maiôs e agora vou compartilhar os modelos mais amados do momento.

Colagem sem título (1)0009 0o 001 09090 0987657800 novaz 08992929

A felicidade na questão do ser

Por Vitória Cabral

0

Não é sempre que estamos dispostos ao que a vida nos oferece e como cães chorosos maldizemos os infortúnios da vida, que não preenche espaço com pessoas ideias, objetos ideias e vidas que projetamos como a verdadeira felicidade, mas esteja atento ao que vou dizer: é tudo ilusão. Felicidade, FELICIDADE mesmo é caminho. Pois sim, quem quer amar ama o presente e não se ilude com um destino que não se faz.

Se no agora somos instantes, que sejamos. Que saibamos amar e que tenhamos vontade de ser feliz com o que temos e somos. Você não precisa de objetos X, não precisa visitar os lugares Y, nem comprar as coisas Z para impressionar, embora inconscientemente, as pessoas P. Mas não falo aqui que para sermos felizes devemos abraçar um conformismo preguiçoso.

Mas é preciso ter uma vontade feroz para ser feliz. É preciso mudar o olhar e manter o olhar, aos que já são a segunda batalha é um alcance por dia. É preenchendo o olhar de vida que alcançamos este estado de viver.

Não há dia milagroso, mas há uma força no querer. Não há remédio que nos desperte, mas há bons abraços, boa alimentação, bons hábitos e largos sorrisos que podem invadir nossos dias. Pois felicidade é escolha, mas sei que nem todos os dias tomamos bons caminhos. Só que é por aí mesmo, no erro sim, que devemos ter vontade de refazer os caminhos e seguir para um futuro que iremos fazer por nossos próprios pés.

Quando me sinto uma bagunça

Por Vitória Cabral

bagun

Não sei se vocês já tiveram essa sensação estranha e vazia de que tudo não está onde deveria estar e que por cada trilho que sua vida ande as coisas sempre se desorganizem. Pois bem, me sinto assim por esses tempos e é muito estranho, pois a pessoa que eu era antes dessa desordem geral era um alguém com um olhar sempre positivo para o mundo e agora acho que perdi o jeito do olhar otimista.
Algumas pessoas e situações da vida nos deixam em pleno abandono, isso é normal, mas me pergunto como sempre voltei a ter um olhar otimista e insistir que o amanhã seria algo melhor, assim como me pergunto como um olhar fatalista e niilista, vez por outra, me pega de jeito, ao ponto de precisar de mãos amigas que me sacudam para que eu não me perca em paranoias.
Eu sempre achei que focar no problemas não era alternativa, já que disso não podemos tirar uma solução, e que na verdade fazer acontecer um plano B, C, Y era sempre o mais sensato, mas parece que quando vivenciamos um problemas estamos dentro do olho do furacão e nossa visão se turva ao que fica de fora desse caos em que mergulhamos.  Por isso contar com algum amigo que veja de fora a situação e possa te puxar, ao menos para a margem do caos, é uma das maiores dádivas da humanidade.
É engraçado como pessoas podem ser tanto nosso alicerce quanto nossa ruína, mas é preciso ter fé na vida, mesmo que hajam atropelos que turvem nosso olhar. Hoje o dia pode não conter as cores mais aconchegantes para um sorriso ou dois, mas recriar este cenário acaba só dependendo da gente mesmo, sempre.

Imagem via Pinterest

Quando chega o amor

Por Vitória Cabral

Quando o amor não nos cabe no peito selamos a união de dois corações, que antes batiam solitários, para juntos vibrarem em sintonia. Enfrentamos dilemas, vencemos batalhas, perdemos tantas outras, mas quando o amor chega tudo se cala, tudo silencia, então outras lutas se apresentam, mas os corações que se reconhecem se aliam para toda guerra. Por isso amar é estar juntos na saúde ou na doença, na alegria ou na tristeza, na crise ou na abundância e por toda eternidade que houver nesta vida. Amar é se fazer morada e estar em casa no peito do outro. É achar paz quando ao seu redor o mundo desaba. Experienciar e ser testemunha ocular da felicidade entre dois corações nos fazem acreditar que o amor vencerá hoje, amanhã e sempre. Gratidão ao casal Jan e Dani, que compartilharam com a gente a beleza que transmitem ao selar com tinta o que já sabia o coração de vocês e muitas felicidades por toda vida.

1 2 3 47